Seja Bem Vindo ao Estudo do Magnetismo

Você que acompanha nosso Blog e gosta das matérias aqui postadas, seja um seguidor cadastro esta ao lado da matéria, no ícone "Participar deste site". Grato! a todos.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

REVISTA ESPÍRITA, PENSAMENTOS ESPÍRITAS QUE CORREM O MUNDO. Janeiro de 1867.


REVISTA ESPÍRITA, PENSAMENTOS ESPÍRITAS QUE CORREM O MUNDO.
Janeiro de 1867.

PALAVRAS DO CODIFICADOR
O perispírito, um dos elementos constitutivos do organismo humano, constatado pelo Espiritismo, havia sido suposto há muito tempo. É impossível ser mais explícito a este respeito do que o Sr. Charpignon em sua obra sobre o magnetismo, publicada em 1842 (1-(1) Physiologie, médecineetmetaphys/quedumagnétisme por Chanpignon, vol. in-8 Paris, Bailliere,17, rua da Escola de Medicina. Preço: 6 fr.).
Lê-se, com efeito, cap. II, página 355: "As considerações psicológicas às quais acabamos de nos entregar tiveram por resultado nos fixar sobre a necessidade de admitir, na composição da individualidade humana, uma verdadeira trindade, encontrar nessa composição trinária um elemento de natureza essencialmente das duas outras partes, apreensível, antes por suas faculdades fenomenais, do que por suas propriedades constitutivas; porque a natureza de um ser espiritual escapa aos nossos meios de investigações. O homem é, pois, um ser misto, organismo de composição dupla, a saber: combinação de átomos formando os órgãos, e um elemento de natureza material, mas indecomponível, dinâmico por essência, em uma palavra, um fluido imponderável. para a parte material.
Agora, como elemento característico da espécie hominal: esse ser simples, inteligente, livre e voluntário, que os psicólogos chamam alma..."
Estas citações e as reflexões que as acompanham têm por objetivo mostrar que a opinião está bem menos distante das idéias espíritas que não se poderia crê-lo, e que a força das coisas e a lógica dos fatos a conduzem por uma inclinação toda natural. Não é, pois, uma vã presunção dizer que o futuro está em nós.
REVISTA ESPÍRITA, PENSAMENTOS ESPÍRITAS QUE CORREM O MUNDO.
Janeiro de 1867.
JORNAL VÓRTICE  ANO II, n.º 06, novembro/2009
Postar um comentário