Seja Bem Vindo ao Estudo do Magnetismo

Você que acompanha nosso Blog e gosta das matérias aqui postadas, seja um seguidor cadastro esta ao lado da matéria, no ícone "Participar deste site". Grato! a todos.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

CIRCULAÇÃO ENERGÉTICA (Vídeo Também)


CIRCULAÇÃO ENERGÉTICA
______________________________________________________________________________
ADILSON MOTA  
Funcionário Público formado em Administração de Empresas e estudante de Psicologia. Iniciou na Doutrina Espírita em 1989, atuando hoje nas áreas de exposição, mediunidade e sonambulismo. Estudante, praticante e pesquisador do Magnetismo há mais de 10 anos, idealizador e editor do Jornal Vórtice, que atualmente é o único jornal sobre estudos do Magnetismo no Brasil.
______________________________________________________________________________
Adilson iniciou a sua apresentação explicando de forma básica como se dá o trânsito de energias através do perispírito. Segundo o expositor, este trabalho foi baseado em leituras, deduções e orientações colhidas através do sonambulismo e da mediunidade.
Falou do que ele mesmo chamou de fluxo externo e interno (figura abaixo), sendo o primeiro descendente e o segundo ascendente, partindo de uma impulsão do centro de força básico.
As energias captadas e assimiladas pelos centros de força são distribuídas pelo perispírito, entre os centros de força e para a vitalização do corpo físico através da rede de nádis, canais que, à semelhança do sistema nervoso, se estendem por toda parte, das regiões mais sutis do corpo perispiritual até às circunvizinhanças vibratórias com o organismo biológico.
Em seguida foram apresentados trechos de orientações colhidas através de sonâmbulos a respeito de duas pessoas em tratamento magnético. O primeiro caso trata-se de hipertireoidismo em que a paciente sentia muitas dores e câimbras em diversas partes do corpo.
Foi orientado então o uso do sopro frio dispersivo, pois que " o sopro quebra as barreiras, trabalha essa dispersão de maneira mais 'violenta' e eficaz.
O fluido 'caminha' e revitaliza".
Foi apresentado ainda um caso em que a paciente sente muitas dores abdominais devido a uma doença rara. Apesar do fato da paciente sentir muitas dores diante de qualquer concentração fluídica efetuada em centros vitais ou áreas físicas da região abdominal, a orientação dada e seguida com bons resultados foi que se incrementassem as imposições através do centro de força esplênico, a fim de que se verificasse, paulatinamente, uma substituição de fluidos com a consequente descongestão dos nádis nestes locais.
Por fim, Adilson apresentou algumas instruções recebidas no grupo mediúnico de estudos a respeito da circulação energética e das relações entre alguns centros de força. Seguem alguns trechos:
Ligações entre o esplênico e o básico -"O básico incumbe-se de forças de abastecimento de estruturas físicas, fortalecendo-as, revitalizando-as. O esplênico capta e redistribui energias necessárias também à matéria mais densa; por isso eles têm uma ligação íntima, de estruturas que conectam os dois, para que eles se comuniquem adequadamente."
Ligações entre o básico e o umeral -"O básico alimenta o centro superior, que é o umeral, que está acima dele anatomicamente, que precisa também desses abastecimentos, dessas forças, dessas energias mais densas para lidar com as estruturas corpóreas sob seu comando, sua influenciação. O básico alimenta o umeral, que alimenta os ossos, os nervos, que alimenta as estruturas corporais densas;(...) além das outras funções que dizem respeito ao centro de força umeral e que são mais sutis."
Centro de força básico e circulação sanguínea -"No refluxo \[do sangue], no seu retorno venoso ao coração, há semelhança em suas funções; o fluido que \[o básico] carreia nesse retorno está unido ao sangue que retorna ao coração, porque é uma energia mais densa, que circula pelo básico e ajuda no refluxo dessa energia mais física que é o sangue. Por isso os inchaços, os edemas nos vossos membros inferiores têm como causa o retardo, a falta de movimentação necessária nesse centro de força."
Circulação sanguínea e centro de força cardíaco -"(...) o sangue oxigenado tem vitalidade tem todas as necessárias substâncias ao reabastecimento do corpo físico, são energias mais sutis; o sangue venoso tem energias mais densas, mais deletérias, por isso também tem uma dificuldade de retorno ao coração, fluidicamente falando; precisa da ajuda do básico nesse retorno sanguíneo com energias mais densas que o sangue carrega a partir do metabolismo celular."
Adilson deixou claro que tudo que foi apresentado ainda precisa de maiores verificações. As informações acima devem seguir o caminho apontado pela ciência espírita da observação dos fatos, da corroboração com as experiências de outras pessoas e da análise racional antes de passar de hipótese para ser considerada uma verdade.

                                                      Link para assistir a palestra.:


Postar um comentário