Seja Bem Vindo ao Estudo do Magnetismo

Você que acompanha nosso Blog e gosta das matérias aqui postadas, seja um seguidor cadastro esta ao lado da matéria, no ícone "Participar deste site". Grato! a todos.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

JACOB MELO responde IV



O que caracteriza o bom magnetizador?
Esta é uma questão simples, mas que pede resposta múltipla. Numa síntese consentânea com o Espiritismo e o Magnetismo, os pré-requisitos para qualquer magnetizador que pretenda ser produtivo e feliz em suas práticas são:
• Força magnética (capacidade de usinagem e exteriorização de fluidos),
• Vontade (ardente desejo de fazer o bem) convenientemente dirigida (que pede estudo lúcido das duas ciências: Magnetismo e Espiritismo),
• Pureza de sentimentos e
• Evocação de Bom Espírito (que se interesse pelo magnetizador e pelos pacientes).
Mesmo dentro dessa singeleza, parece estar bem visível que não se trata de possibilidades que sejam adquiridas apenas com “boa vontade”, como é muito propalado no meio espírita. Um estudo sério, aprofundado e continuado é requerido, além de muitos exercícios e prática para que se atinja o
ponto ideal que se busca. Uma postura ética e moral ilibada é imprescindível para quem se proponha a atender ao adjetivo “bom” colocado na pergunta.
Por fim, só para reforçar, não existe bom magnetizador espírita sem que este tenha conhecimento seguro das obras de Allan Kardec, desde as chamadas básicas como as complementares, aí em destaque a Revista Espírita em seus 12 volumes.
Postar um comentário