Seja Bem Vindo ao Estudo do Magnetismo

Você que acompanha nosso Blog e gosta das matérias aqui postadas, seja um seguidor cadastro esta ao lado da matéria, no ícone "Participar deste site". Grato! a todos.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

NOVAS PROPOSTAS E REFLEXÕES



NOVAS PROPOSTAS E REFLEXÕES

Jacob Melo jacobmelo@gmail.com
O encerramento do 5.º Encontro Mundial de Magnetizadores Espíritas ficou também por conta de Jacob Melo.
Jacob iniciou a palestra chamando a atenção para casos menos comuns nas terapias magnéticas.
Falou que tratar de certas doenças de forma pontual e/ou localizada pode gerar implicações de poucos resultados positivos quando os casos são, de fato, sistêmicos (envolvem um sistema e não apenas uma parte). Nessas situações caberá ao magnetizador tentar descobrir qual o sistema em falência para poder resolver a problemática. Citou o caso de uma paciente que possuía um furúnculo na região da virilha e que, sendo este tratado de forma direta, pontual, desaparecia enquanto outros se desenvolviam no local. Só desapareceram definitivamente os furúnculos quando tratados na raiz do problema, no centro de força laríngeo.
Outro ponto ressaltado foi o que diz respeito a certos problemas e/ou bloqueios no refluxo fluídico e não no fluxo. Isso se dá porque culturalmente aprendemos a tudo querermos tratar, magneticamente falando, pela frente (fluxo), esquecendo ou minimizando em demasia as costas (refluxo).
Trouxe textos de Kardec para novas reflexões  e destacou que relevante frase, conclusiva do item 328 de O Livro dos Médiuns, foi estranhamente omitida na versão inglesa.
O Céu e o Inferno, 2ª parte, Capítulo 4:-Qual a causa de a educação moral dos desencarnados ser mais fácil que a dos encarnados?
(...) Toda ação material pode sustar momentaneamente os sofrimentos do homem vicioso, mas o que ela não pode é destruir o princípio mórbido residente na alma. Todo e qualquer ato que não vise aperfeiçoar a alma, não poderá desviá-la do mal. (S. Luiz)
A Gênese: Caráter da revelação espírita 37-O Espiritismo, ainda que só fizesse forrar o homem à dúvida relativamente à vida futura, teria feito mais pelo seu aperfeiçoamento moral do que todas as leis disciplinares, que o detêm algumas vezes, mas que o não transformam.
A Gênese, cap. 14 item 20: Quando se diz que um médico opera a cura de um doente, por meio de boas palavras, enuncia-se uma verdade absoluta, pois que um pensamento bondoso traz consigo fluidos reparadores que atuam sobre o físico, tanto quanto sobre o moral.
“A instrução espírita não abrange apenas o ensinamento moral que os Espíritos dão, mas também o estudo dos fatos. Incumbe-lhe a teoria de todos os fenômenos, a pesquisa das causas, a comprovação do que é possível e do que não o é; em suma, a observação de tudo o que possa contribuir para o avanço da ciência. Ora, fora erro acreditar-se que os fatos se limitam aos fenômenos extraordinários; que só são dignos de atenção os que mais fortemente impressionam os sentidos. A cada passo, eles ressaltam das comunicações inteligentes e de forma a não merecerem desprezados por homens que se reúnem para estudar. Esses fatos, que seria impossível enumerar, surgem de um sem-número de circunstâncias fortuitas. Embora de menor relevo, nem por isso menos dignos são do mais alto interesse para o observador, que neles vai encontrar ou a confirmação de um princípio conhecido, ou a revelação de um princípio novo, que o faz penetrar um pouco mais nos mistérios do mundo invisível. Isso -também é filosofia” (grifo do palestrante)
Por oportuno, também ratificou que a versão inglesa de O Livro dos Espíritos, anteriormente divulgada pela FEB e de tradução por Anna Blackwell, omitiu todo o comentário que Allan Kardec fez acerca da questão 555, no qual ele confirma ser o Espiritismo e o Magnetismo uma só ciência.
“O Espiritismo e o Magnetismo nos dão a chave de uma imensidade de fenômenos sobre os quais a ignorância teceu um sem-número de fábulas, em que os fatos se apresentam exagerados pela imaginação. O conhecimento lúcido dessas duas ciências que, a bem dizer, formam uma única, mostrando a realidade das coisas e suas verdadeiras causas, constitui o melhor preservativo contra as ideias supersticiosas, porque revela o que é possível e o que é impossível, o que está nas leis da natureza e que não passa de ridícula crendice.”
Finalizou Jacob parabenizando os responsáveis pelo evento e convidando todos a irem a Arraial d’Ajuda - BA, em 2013 para o 6º EMME.

Postar um comentário